14.06.2016 / Coisas bacanas

Amar mais para ver menos tragédias. É tão simples. Quanto mais amor damos ao próximo e a nós mesmos, quanto menos ódio, maior aceitação, mais fluidez na vida. Quanto menos interferência nas decisões e escolhas individuais, mais paz no mundo. Tendemos a desvalorizar as coisas boas e pu...[continuar lendo]

22.04.2016 / Coisas bacanas

Hoje é Dia da Terra e também o dia em que os países irão assinar o acordo da ONU de juntos agirem para evitar o aquecimento global previsto em 2ºC. Mas o fato de termos que ter um Dia da Terra diz muito sobre a forma que o homem enxerga sua relação com ela: imperialista, de pegar o que ...[continuar lendo]

23.03.2016 / Coisas bacanas

Há uma dificuldade grande no Brasil quando se fala em pedir/receber doações e fazer trabalho voluntário. Mas, felizmente, aos poucos o antigo padrão de comportamento e a forma de encará-lo vem sendo substituído por novas atitudes. Graças a pessoas persistentes como Daniella Martins, Carla...[continuar lendo]

07.03.2016 / Coisas bacanas

Quando se é recém-formada em uma carreira sonhada e desejada, abraçada com todo o seu amor e dedicação com cinco anos de muito estudo e estágios para graduar, você acredita que pode conquistar o mundo! Mas com a Psicologia Clínica não é bem assim que funciona. Leva um bom tempo para ama...[continuar lendo]

19.02.2016 / Coisas bacanas

Nem todo mundo está acomodado na reclamação e na inércia. No Rio, assim como no mundo, há uma rede de pessoas se unindo, em prol do bem de verdade. De fazer as coisas com verdade. Se é difícil romper com velhos modelos de trabalho e encarar que a humanidade se tornou extremamente egoísta,...[continuar lendo]

12.02.2016 / Coisas bacanas

Nesse Carnaval eu resolvi que seria menos chata. Improvisei uma fantasia – que repeti todos os dias sim, e daí? – e uma maquiagem que adorei. Resolvi que a companhia é o mais importante, então abri mão da comodidade de ficar perto de casa e encarei diferentes tipos de transpor...[continuar lendo]

25.01.2016 / Coisas bacanas

Ninguém sabe como começou. Eu, Angela Tostes e Teresa Nabuco, as três com filhas na faixa dos 7 anos, estávamos fazendo planos para o Carnaval quando alguém propôs: “E se a gente fizesse um bloco infantil?” Foi o suficiente para comprarmos a ideia e irmos em frente. A trupe se completo...[continuar lendo]

24.12.2015 / Coisas bacanas

Meu nome é Liliane Barros Marty Caron. Nasci no interior de São Paulo e, desde muito criança, sempre gostei de ajudar. Já são 25 anos que faço trabalhos sociais. Casei e continuei os trabalhos voluntários. Mudamos para Belo Horizonte e lá conheci a ex-modelo Camila Chiari, que tornou-se ...[continuar lendo]

16.12.2015 / Histórias Inspiradoras

Meu nome é Luciana, tenho 41 anos, sou assessora de imprensa da área cultural, fui casada por 10 anos, e nesse período construímos uma linda família: em 2011, veio a Nina (a nossa cadela que tem 4 anos) e em 2012, a Rafaela (nossa filha, hoje com 3 anos). No início do ano, em março, chegou...[continuar lendo]

15.12.2015 / Histórias Inspiradoras

Ultimamente ela tem chegado no fim do ano. O pescoço trava como um torcicolo, o nariz entope e o olho esquerdo começa a lacrimejar e pulsar vagarosamente, sempre do mesmo jeito. Por isso, eu sempre sei quando ela virá. É como escutar o galope ao longe e saber que o cavalo está vindo. E, quan...[continuar lendo]