26.01.2016 / Histórias Inspiradoras

O Carnaval é uma paixão em minha vida, desde que me entendo por gente. Os dias de Momo envolvem uma mágica de alegria em torno do som, das pessoas e dos lugares, onde houver uma fantasia, um grão de confete ou um fio de serpentina. Todo esse clima sempre me encantou, e sou um folião nato. Po...[continuar lendo]

14.01.2016 / Histórias Inspiradoras

Ela sempre teve paixão por bichos. Desde pequena vivia atrás do pai, fazendo o mesmo pedido: “Me dá um cachorrinho?”. E nada. Tinha que se contentar com o vira-lata do caseiro de Petrópolis e os boxers da prima no sítio ao lado. Sua mãe detestava animais e o pai nem cogitava ...[continuar lendo]

07.01.2016 / Histórias Inspiradoras

“Chega um momento na vida em que é ou vai, ou continua afundando. Eu não tive opção”. É o que diz Andréa Pontes sobre seu grande feito: o dia em que decidiu aceitar a cadeira de rodas, sair do quarto e viver. Hoje campeã de paracanoagem e esperança de medalha para o Brasil no...[continuar lendo]

22.12.2015 / Histórias Inspiradoras

Saí de Petrópolis numa manhã muito fria, com cara de chuva. No táxi, em direção à rodoviária, deixei escapar minha tristeza com problemas que tive por lá, e até algumas lágrimas. O motorista era bom ouvinte, e eu, falante contumaz. Cheguei ao Bingen ávida por pular dentro do ônibus e...[continuar lendo]

16.12.2015 / Histórias Inspiradoras

Meu nome é Luciana, tenho 41 anos, sou assessora de imprensa da área cultural, fui casada por 10 anos, e nesse período construímos uma linda família: em 2011, veio a Nina (a nossa cadela que tem 4 anos) e em 2012, a Rafaela (nossa filha, hoje com 3 anos). No início do ano, em março, chegou...[continuar lendo]

15.12.2015 / Histórias Inspiradoras

Ultimamente ela tem chegado no fim do ano. O pescoço trava como um torcicolo, o nariz entope e o olho esquerdo começa a lacrimejar e pulsar vagarosamente, sempre do mesmo jeito. Por isso, eu sempre sei quando ela virá. É como escutar o galope ao longe e saber que o cavalo está vindo. E, quan...[continuar lendo]

30.11.2015 / Histórias Inspiradoras

Fiz 33 anos e resolvi viajar para a Terra Santa. Era um projeto antigo, que acabou se realizando, talvez por pura sincronicidade, graças ao convite de uma amiga querida, para visitá-la em Tel Aviv. A gente ressuscita um pouco todo dia, para se livrar do amargo da língua, “das misérias d...[continuar lendo]

25.11.2015 / Histórias Inspiradoras

A famosa frase de Chico Buarque “todo dia ela faz tudo sempre igual” definitivamente não encosta em pessoas como eu. Mas quem sou eu? Uma menina na fase dos 30 (e poucos) fascinada por viagens, música, um bom vinho, skate, sol e que tem um caso de amor com o mar.

Hoje vou falar sobr...[continuar lendo]

23.11.2015 / Histórias Inspiradoras

Se escolher o pediatra, a escola, as atividades extracurriculares e outras tantas questões cotidianas dos nossos filhos nos colocam diante de verdadeiras encruzilhadas, imagine contar para o seu filho que você é adotada. Pedro ainda era pequeno e eu estava na fase de criar minha teoria, calcad...[continuar lendo]

17.11.2015 / Histórias Inspiradoras

Meu nome é Samanta Quadrado, tenho síndrome de Down e estou com 27 anos. Atualmente, sou mestre de cerimônias em eventos e palestrante, além de dançarina do ventre. Trabalhei por dois anos na editora Abril. Namoro o Breno Viola, um dos protagonistas do filme ‘Colegas’, que tamb...[continuar lendo]